Obrigações do Dia

  • 23/Agosto/2019
  • IOF | Imposto sobre Operações Financeiras.
  • IRRF | Imposto de Renda Retido na Fonte.
  • COFINS.
  • PIS/Pasep.
  • IPI | Imposto sobre Produtos Industrializados.

Indicadores Econômicos

Moedas - 23/08/2019 13:22:40
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 4,112
  • 4,113
  • Paralelo
  • 4,050
  • 4,250
  • Turismo
  • 4,090
  • 4,330
  • Euro
  • 4,576
  • 4,578
  • Iene
  • 0,039
  • 0,039
  • Franco
  • 4,211
  • 4,211
  • Libra
  • 5,031
  • 5,034
  • Ouro
  • 195,060
  •  
Mensal - 22/07/2019
  • Índices
  • Mai
  • Jun
  • Inpc/Ibge
  • 0,15
  • 0,01
  • Ipc/Fipe
  • -0,02
  • 0,15
  • Ipc/Fgv
  • 0,22
  • -0,02
  • Igp-m/Fgv
  • 0,45
  • 0,80
  • Igp-di/Fgv
  • 0,40
  • 0,63
  • Selic
  • 0,54
  • 0,47
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,59
  • 0,59
  • TR
  • -
  • -
Acompanhe seus cursos Minha Conta SAC

CAPACITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO EM SPED FISCAL – EFD ICMS/ES E IPI

Objetivo

De acordo com o Protocolo ICMS 3/2011, a partir de janeiro 2014 todos os contribuintes do ICMS do ES( que tem Inscrição Estadual), exceto Simples Nacional, estarão obrigados à EFD Fiscal.

De acordo com o Protocolo ICMS 03/2011 a partir de 1º de janeiro de 2014 o estabelecimento obrigado à EFD será dispensado da entrega dos arquivos do Convênio ICMS 57/95 (SINTEGRA).

O arquivo digital da EFD deverá ser enviado até o dia vinte (alterado pelo Decreto 2.517-R de 12/05/2010) do mês subsequente ao encerramento do mês da apuração.

O inventário será escriturado no arquivo digital da EFD do segundo mês subsequente ao levantamento do estoque existente em 31 de dezembro e nas demais datas estabelecidas pela legislação fiscal ou comercial. (§ ALTERADO pelo Inc. III do Art. 1º do Decreto Nº 2.641-R/2010, com efeitos a partir de 01/01/2009).

Na hipótese de a obrigatoriedade de realizar a EFD iniciar no mês de janeiro o inventário dos estoques existentes em 31 de dezembro do ano anterior será escriturado no arquivo digital da EFD referente ao mês de fevereiro subsequente à data do levantamento do estoque, dispensada a escrituração do mesmo no livro Registro de Inventário. (§ ACRESCENTADO pelo Inc. I do Art. 1º do Decreto Nº 2.641-R/2010).


Público Alvo

Gerentes fiscais, contabilistas, auditores, pessoal do setor financeiro e fiscal, analistas e auxiliares de administração de setor fiscal, advogados e demais profissionais que queiram adquirir conhecimentos sobre o conteúdo do curso.


Conteúdo

Capacitação - Entendendo a Escrituração Fiscal Digital
• Conceito do SPED e do subprojeto: Escrituração Fiscal Digital
• Contribuintes obrigados e dispensados
• Prazo de entrega da EFD
• Estrutura da EFD
• Layout das informações – EFD
• Parametrização de sistemas
• Detalhamento dos Blocos de Informações
• Preenchimento dos principais campos
• Informação dos campos referentes ao Código da Situação Tributária, ao CFOP ou à Alíquota do ICMS, para documentos em que não há tal informação
• Procedimento de Retificação
• Arquivo Digital
• Forma de Apresentação
• Geração e envio à Secretária da Fazenda
• Funcionalidades do PVA
• Importação de Arquivos
• Consulta à situação da EFD
• Validação
• Tabelas e códigos
• Lançamentos e composição de arquivos


Instrutor(es)

Alan William Fernandes da Silva
Consultor Tributário, economista há mais de 21 anos com larga experiência nos setores público e privado.
Especialista em Gestão Tributária e Fiscal e Mestrando em Economia Industrial pela Universidad Carlos III de Madrid com especializações em Economia dos Transportes e Economia do Setor Elétrico, com ênfases em Planejamento Econômico Financeiro, Análise de Investimentos, Instrumentos financeiros para Parcerias Público Privada-PPPs.
Atuou como consultor Fiscal e de Gestão Tributária sênior durante 16 anos no Grupo ECO (Eco Assessoria Contábil e ECO Internacional Consultoria) em Minas Gerais. Adquiriu Profunda vivência de legislações contábeis dos EUA e Europa, atuando como diretor de projetos para América Latina da Rei & CIM Consultants (CARDIM Holdings) na Espanha e UK negociando Parcerias Público Privadas e Financiamentos incentivados junto ao Banco Mundial.
Foi Assessor Técnico para área Econômica e como especialista em Gestão tributária da Câmara Municipal de Juiz de Fora onde criou o Fundo Municipal para empresas Estratégicas e participou do Comitê especial para implantação da montadora da Mercedes Benz em Juiz de Fora, junto ao Governo do Estado de MG.
Atuou como consultor especial dos municípios de Marataízes e Anchieta nas áreas Econômica e FISCAL, como um dos criadores a Agenda 21 e PDM de Anchieta que permitiram a implantação dos grandes empreendimentos na região.
Em 2004 iniciou o ciclo de debates sobre o desenvolvimento na região questionando os incentivos econômicos ofertados a Arabian Golf Oil AGOL para instalação no estado, através do seminário Investimentos em UBU: custos e oportunidades.
Desde 2007 é Diretor Executivo do ORBIS/ES e Instituto OPINA da Fundação IDEAS que estão monitorando os grandes empreendimentos no Estado, o uso de incentivos fiscais e o retorno socioeconômico gerado.




Outras Informações

Data: 26/04/2014

Hora: 8h30 às 12h e 13h às 17h30

Local: Sala de Treinamento do CRC - Vitória - ES.

Inclui: Coffee-break, Material de Apoio, Certificado e Plantão de Dúvidas

Investimento do curso: R$ 295,00




Ficha de Inscrição

Ao acessar sua conta poderá efetuar sua inscrição.


© Lex do Brasil  |  Inicial  |  Fale Conosco
Desenvolvido pela TBrWeb